terça-feira, novembro 24, 2009

CASALRAFAELITOLINDO EM DIGRESSÃO ARTISTICA!


Lá para os lados de Santo Tirso...viras, chulas e não só!

Pedro II em plena actuação!

Lembram-se do cesto
Saia o Vira Velho!

Ainda tentaram uma retirada....alguma falta de coragem!
UM COIRO DE MATULÕES!
Juro que recolhi todas as cópias!!!!
O Jorge Carvalho até deixou cair o barrete para apanhar a cópia!

...a bandeiras despregadas....

não te encostes à parreira
que a parreira deita pó
encosta-te à minha cama
sou solteiro e vivo só!

nos braços do meu amor Ai agora é que eu me consolo...
...ao contrário

Celestelinda num número de "transmissão de pensamento".....

....em transe....

...é um laço!!!!!!!

...foi muito o esforço...mas acertou!


13 comentários:

  1. Eh Pá! Ainda não é Natal...

    ResponderEliminar
  2. Isso é que foi uma festança.
    E o que é que os matulões do coiro cantaram?

    ResponderEliminar
  3. Eu presto a minha homenagem a toda a vivacidade deste casal lindo!

    ResponderEliminar
  4. E estão sempre a homenagear-nos com miminhos.

    ResponderEliminar
  5. Se não é Natal... que pinheiro é?

    ResponderEliminar
  6. E lá atrás estão as renas...

    ResponderEliminar
  7. Eu digo-te, eu digo-te!
    Pago direitos de autor!!!!
    É Natal, é Natal
    Se ainda não é Natal
    Que car(v)alho é!
    Será o do Carlos?
    Não é não senhor!
    O que será então?....
    Responda quem souber!
    "Ó vós, que de bruços me deitais
    ao erguer a fero Príapo doce taça...
    Será Príapo..e porque não porem-lhe uns sininhos!
    Só o Orca saberá....

    ResponderEliminar
  8. Foi uma tardada de arrimbómalho!
    Surpresa completa!
    Só "camone" estava dentro da jogada!
    A seguir ao café, atirei: quem é "macho" segue-me até ao último andar e não faz perguntas!
    As "madames" ficam aí sentadinhas ca gente je se vem!Não demora nada!
    Enfiem estes barretes na mona e vamos cantar esta música de NATAL, gentilmente surripiada á extinta Tuna Meliches e a cujo autor vamos ter que pagar direitos de autor!
    Mesmo assim não sei se não serei expulso da referida Confraria!
    Quem não se achar com idoineidade moral para a interpretar com o devido sentimento, deve ir juntar-se lá abaixo ás Madames!
    Afinem a concertina pelas duas violas e vamos começar um pequenissimo ensaio!
    Alguns ao ler ainda ensaiaram uma tentativa de fuga!
    Chamei-lhes "maricas" e voltaram !
    Foi um verdadeiro su-sexo!
    O líquido que se via no chão não sei bem se era das lágrimas de riso ou de iconcontinência urinal!
    Um dos Matulões só exclamava:quase não conseguia cantar...só estava a ver à minha frente as renas de pernas abertas!!!Depravado!!
    Saí em ombros com duas voltas
    à mesa do almoço!
    BOAS FESTAS!

    ResponderEliminar
  9. Foram postadas mais dus fotos, para ilustrar melhor o comentário anterior!

    ResponderEliminar
  10. Grande Rafaelito! Quem sabe nunca esquece :O)

    ResponderEliminar
  11. Aqui venho apenas para informar que a canção foi cantada à minha revelia.

    O número de telepatia apresentei-o, em estreia, perante aquela plateia distinta, sendo a partenaire do homem da consertina.
    Sucesso reconhecido,mas muito suado!

    Sou sempre apanhada nestas...é minha sina.

    ResponderEliminar
  12. Lá terei de mandar a CONCERTINA para o conserto...
    Parece impossível!

    ResponderEliminar
  13. Conserteza, Celestita :O)

    Mas olha que não foi à tua revelia: foi (como sempre) a rebeldia dele. E só lhe fica bem, carais ;O)

    ResponderEliminar

Tuna Tecales!