sexta-feira, julho 30, 2010

Viva a Mamona!

Eu sei que vão estar lá mais, mas...

Na final do triplo salto,
dos Europeus de Barcelona
Eu na TV não falto...
Para apoiar uma Mamona!

quarta-feira, julho 28, 2010

Capítulo I - Vendo e dançando...

Porque o prometido é devido... eu gosto de criar suspense e deixar toda a gente de água na boca. Toda a gente e até a São Rosas. Agora que o Saramago nos deixou e já não pode cumprir o acordo com a Caminho de uma edição a cada dois anos, surge uma nova pena que promete postar um capítulo de cada vez, dentro desse prazo. Por isso meus caros e caras, é aguardar, é aguardar, que quando prometo, cumpro.
Pois dizia eu que um grupo de excursionistas sem cheta abandonou um dia de sexta-feira a segurança do lar na Lusa Atenas e meteu-se por atalhos rumo ao Douro Sul, até uma bela freguesia de Lamego, Cepões. Esperavam presunto e vinho na rua, pelo menos era isso que um dos galfarros assim dizia: "Este ano vamos mais cedo que é para a dama travesti nos dar mais presunto e vinho tinto..". Enganou-se redondinho, porque a crise começou a sentir-se até no beneplácito dos humildes. Valeu-nos a vontade e aquilo que tínhamos levado para a ceia, que, se presunto não era, comeu-se como se fosse, tal era a esgana.
Segue-se uma amostra dos momentos iniciais da festa.
Olha as novas oportunidades. "Ó homem... você é 'inginheiro', só ainda não sei em quê. Mas canudo já tem, por isso, à falta de melhor, arranjo-lhe um cargo no governo, pode ser?"
Sim senhor... 'inginheiro'...quem diria? Com o curso 'Esfola tolos e todos' até posso ser ministro das finanças...
Nesta harmonia de sons nunca se ouviu o Paulo Moura a virar-se para o único grande músico da tuna (sim, esse em quem estão a pensar, o homem do bandolim) a dizer: "Ó pá, esse bandolim afinado até que seria interessante. Cambada de surdos!!!!
Os graves da tuba foram um coisa grave...
À falta de atenção, o gajedo jovem tentava ocupar os tempos mortos, exibindo-se...
DEPOIS À NOITE (2ª Parte do primeiro Capítulo)
Apareceu lá um careca, esquisito, bicho ruim que fazia xixi por uma garrafa de Luso (DAS PEQUENAS!!!) que apostou quebrar quatro em linha antes de ir para a cama. Falta a prova documental da quarta, mas ela aparece mais abaixo com uma garrafita na cabeça.. Contem-nas:

Vai uma...

E vão duas...

Continua duas...

E vão três...

Apita o comboio...

Eu não tinha dito que aquele pessoal tinha dançado com o conjunto?

E vão quatro.

Esta, por ser especial, merece legenda. Diz a Romi: "Ai Rafael, eu não sei se me equilibro...". Responde o Rudolfo Valentino das Iscas: "Equilibras, pois. Isto é água, não é vinho. Só vais desculpar é que soltei uma salamantina, e a mim já me chegou ao nariz. Daqui a uns segundos está aí."

Mulher prevenida, a Romi pisgou-se e deixou-o a bailar sozinho.

Em perfeita ovação, o RVI foi pró meio do gajedo e haviam de vê-lo no 'Waka Waka, this is time for Cepões...' Enfim, uma vergonha terrível que manchou a noite de um macho que até ao momento não tinha dado um só motivo para ser comentado.... porque não fora um só; tinham sido muitos. Será que ele vai recuperar a sua honra perdida? Será o RVI homem para não acordar no dia seguinte com dores em todo o lado? Não percam no próximo capítulo a sair brevemente (???)

segunda-feira, julho 26, 2010

Diário de Bordo

Para que o Rafael pare de gritar aos meus ouvidos, vou fazer o especial favor de postar uma sequência de fotos por capítulos, pode ser? Quereis?



Dedicada aos cabeçudos que não foram...

domingo, julho 25, 2010

Slide Fotográfico do Concerto do Grupo "SAN'TIAGO SONS da ALMA"


Aqui vos deixo algumas imagens que captei ao longo da noite de 24 de Julho de 2010 no Largo da Igreja de Eiras, Coimbra, Portugal.
Celebrou-se o 10º aniversário do Grupo músical "SAN'TIAGO SONS da ALMA".

Dentro do meu Castelo - Grupo San'Tiago Sons da Alma


UM ORIGINAL do nosso Amigo PAULO MOURA.

Parabéns a vocês, malta dos «San'Tiago - Sons da Alma»





O equipamento do grupo não é brincadeira nenhuma.


Antes de mais, esta noite foi um óptimo pretexto para estarmos com os amigos, alguns deles que já não víamos há alguns anos...


A Inês Cortesão com as Mouras: Joana, Luísa e Mariana.



O João Marcelino e a filha a prepararem a gravação em video do espectáculo



O Vicente e o João Marcelino, um parzinho idílico em frente à igreja.



Uma óptima surpresa: o Neves, ex-bombeiro (ou bombista?) do Coiso, aqui com o Rafaelito...



... ,actuou também nesta noite, antes dos San'Tiago, tocando cavaquinho no grupo Sol Eiras.



A Isabel Neves, uma das melhores vozes que já passaram pelo Coiso, tão airosa que o Neves foi avisado para se acautelar...



A esposa do Mário Luís, a Dulcínea e o Rafael (que aproveitou o facto de o Pinheiro ter chegado mais tarde).



O Mário Luís e o João Marcelino.


Mas vamos então ao espectáculo:


Apresentação do grupo antes de entrar em palco, pela presidente da junta de freguesia de Eiras e pelo Dr. Mário Nunes



«Fujam que está a arder!»





Uma parte da assistência



Outra parte



E ainda mais outra




Antes do intervalo, o Dr. Joaquim Afonso cantou fados de Coimbra. Aqui, um excerto de «Lá longe»:




Na terceira parte, depois da música clássica, os tangos.


E a Mariana encantou com a sua interpretação de «Deus me Perdoe». Como ela disse, num ensaio em que o maestro Augusto Mesquita a acompanhava ao piano, "as mãos dele pareciam penas e eu calei-me... «a menina não canta?» e eu disse-lhe «deixe-me ouvi-lo»..."




A Joana Moura (que abriu a actuação dos San'Tiago cantando «Coimbra é uma lição») e as amigas assistem à parte final do espectáculo.



O sr. Vítor Rodrigues, o Homem (tal como a sua esposa) por trás de tudo aquilo e que já não dormia há muitas noites, foi ao palco receber uma merecida oferta da junta de freguesia de Eiras pelo X aniversário do seu grupo «San'Tiago - Sons da Alma».


Parabéns pela festa, que foi muito bonita!

sexta-feira, julho 23, 2010

A SAPEC está já no Facebook

A malta de Caria, quando era nova, criou a SAPEC - Sociedade Anónima dos Polidores de Esquinas de Caria.
Vários álbuns de fotografias, cassetes audio e até dois filmes super 8 que entretanto desapareceram, registaram alguns momentos preciosos que agora o Chico Padeiro teve a iniciativa louvável de partilhar no Facebook.
É a página «Sapec E Assim» e estão todos desde já convidados a aderir.
Quem quiser ver fotos nossas (no primeiro álbum já disponível, eu ando lá pelos meus 14 anos), é entrar, senhoras e senhores. É entrar.

Aqui fica um excerto de uma das cassetes da SAPEC, o «Coro dos Aborígenes Carienses», da cassete «as loucas noites do Crazy Club»:

LAMEGO - CEPÕES -FOTOS PARA RECORDAR 2010

Poucas....
...estica-te que ainda apanhas algumas...
.uma chapelada....já nem todas em grande estado!
ao fundo Lamego.
agricultura...de prazer!

...dá saúde e não deixa envelhecer...
um dos seis "cheios de sorte"....
Rafael, Ção(irmã do Antonino) e o meu "bombo"....a maçaneta não se vê...
Paulo, um pouco do cunhado do Antonino, mai logo digo nome(e mais um
"com sorte" Ção, garrafinha de Ginja, e um Pinheirinho....