sexta-feira, outubro 29, 2010

Eu bem sei que vamos dormir mais uma hora no domingo...

... mas preferia que estivessem quietinhos com as horas!
Quem concorda comigo decerto assina e divulga esta petição, que quero apresentar à Assembleia da República, com pelo menos 4.000 assinaturas (para ser obrigatoriamente agendada para apreciação em Plenário da Assembleia da República): «Não à mudança de hora».

Consulta e assina a petição

Para quem quiser divulgar esta petição na sua página, há «banners» disponíveis aqui.

domingo, outubro 24, 2010

Dois dos muitos excelentes momentos da festa de ontem

2º Aniversário do Encontro de Gerações do Bairro Norton de Matos, na Quinta do Sobreiro.
O Rafaelito é que filmou isto com o Sonotone desligado.

Poema de Jorge Castro dedicado a Zeca Afonso
Jorge Castro à garganta e Rui Pato à viola



Com a autorização do autor, aqui está este poema, agora sem ruído:

"AO JOSÉ AFONSO

Por vezes
Um herói faz-se a cantar
No espanto doce e leve
De iluminar a cidade
E recordar o tempo à vida
Em acordes de esperança
Por vezes ele é a dança
É a razão
Encantada
De uma balada que abala
O torpor em contradança
Por vezes ele é sorriso
Ironia que desarma
O medo de arma em riste
Sorriso que faz o triste
Ser alegre de coragem
É a flauta encantada
É nau de outra viagem
Que traz ao povo a alegria
De cantar em romaria
Com bandeiras desfraldadas
Bandeiras da paz
Do pão
E do nome que ele tem
Que um povo sem ter nome
Pode bem morrer à fome
E há-de chamar-se Ninguém

Cântico a Catarina
Suor e sangue num grito
Menina que o medo mata
E que o vermelho desata
Nas papoilas da campina
Ou lagos de breu no céu
Bairro negro do menino
Com olhos de estrela de alva
Deixai-o que é pequenino

Zeca amigo
Está contigo
Um povo desperdiçado
Que se perde em triste fado
Mas colhe em tua voz abrigo

Seja a voz de quem trabalha
No som ritmado dos passos
Contra vampiros de palha
Nascente em vila morena
Que entre nós criou os laços
De saber quem mais ordena
De saber que vale a pena
Entrelaçar nossos braços
Fazer da vida um poema
Dourado em Maio maduro
Dentro de um coração puro
Cheio de vida para dar

... Que por vezes um herói
Também se faz a cantar.

- Jorge Castro
08 de Fevereiro de 2004"


«Os vampiros» de José Afonso
San'Tiago - Sons da Alma e Rui Pato

Estive numa festa como se estivesse em casa

2º Encontro de Gerações do Bairro Norton de Matos - 23 de Outubro de 2010


sábado, outubro 23, 2010

CENTRO NORTON DE MATOS - GALA DO DESPORTO


Boa tarde!

A IV Gala do Desporto Cidade de Coimbra é uma iniciativa da Câmara Municipal que, uma vez mais, vem homenagear e distinguir os agentes desportivos e as entidades do associativismo desportivo que se notabilizaram, ao longo da época desportiva 2009/2010 (de 1 de Setembro de 2009 a 31 de Agosto de 2010), através de resultados e classificações alcançados, bem como pelo contributo que deram ao desenvolvimento desportivo local.

O Centro Norton de Matos encontra-se nomeado em 5 categorias:

1. Prémio Entidade - CNM
2. Prémio Clube - CNM
3. Prémio Atleta Revelação - Carolina Coelho (Ginástica Rítmica)
4. Prémio Treinador Formação - Nina Chevts (Ginástica Rítmica)
5. Prémio «Master» - Equipa de Voleibol Sénior do Centro Norton de Matos

Nos termos do Regulamento da Gala, qualquer cidadão poderá participar na escolha dos nomeados através de votação "on-line", a qual se encontra disponível até às 24h00 do próximo dia 28 de Outubro de 2010, aqui.
Assim, a cada visitante é permitida uma votação por ligação internet (IP) na qual poderá escolher um candidato em cada categoria. No final da votação, os 2 candidatos mais votados pelo público em cada categoria serão directamente nomeados para a Gala, num conjunto de 5 nomeados para cada categoria (sendo os restantes 3 escolhidos pelo júri).

Vota já no CENTRO NORTON DE MATOS!!!

E DIVULGA PELOS TEUS CONTACTOS!

Com os melhores cumprimentos,
CENTRO NORTON DE MATOS
Rua Vasco da Gama
Bairro Norton de Matos
3030-074 Coimbra
http://www.cnm.pt/
tel.: 239 791 220
fax: 239 791 221
João Pedro Ferreira Rafael
Tel:912214828
e-mail: presidentecnm@gmail.com

quinta-feira, outubro 21, 2010

quinta-feira, outubro 14, 2010

terça-feira, outubro 12, 2010

Onde estão o Wally e a Wallieta?

Lembram-se de um dia a Tuna Meliches ter ido actuar a casa do Carlos Torres, a convite dele, na Lapa do Lobo, para um convívio da RESUL? Foi uma jornada memorável. E até nos pagou € 500 (um cheque que o Pedro Concertinas nunca mais descontava, lembram-se?). A reportagem saíu aqui.
Pois aquele homem, como constatámos, tem bichinhos carpinteiros. E criou a Fundação Lapa do Lobo, cuja sede foi agora inaugurada.


O Carlos Torres, para quem já não se recordava da figura.

E agora o passatempo: no anfiteatro da Fundação Lapa do Lobo, quem descobre o Wally e a sua Wallieta no meio da assistência?


O Wally de esguelha.



A Wallieta aqui vê-se melhor. Mas o Wally está muito distinto.



O Wally a imitar o emplastro.

Lembram-se?

Ói "Boca Santa"!
Parece que alguém está aflito!...

sexta-feira, outubro 01, 2010

Concertinando...

Não resisto a publicitar este "miminho" do nosso Concertinas:
"A Porra do novo acordo toponimiográfico!Ora vásse lásse aber se isto está co rectio:
Um toponimógrafo destes está já com a 9aversão do corrector linguístico na ponta da intrinseca.Portantos, eu que em 1987 andei perdido na tropa aqui nestas bandas de MáFera
FIRME.....!... SÉ Op Ombro_ARMA INCONTINÊNCIA Dá LICENÇA MEU ALFERAS?
tenho que rreconhecer que era da falta das pelacas iluminocidativicas!
GandAzar!
"