sábado, outubro 31, 2009

«Monólogos da Vagina»

Recomendo, a quem não assistiu a esta peça de teatro no 11º Encontra-a-Funda (a propósito, no dia 14 será o 12º e estão abertas as pernas... digo, inscrições), que vá ao Teatro Gil Vicente Quinta-feira, dia 12 de Novembro, às 21h30.

Encenação: Isabel Medina
Com Guida Maria, Ana Brito e Cunha e São José Corrreia
Produção: 100 Ilusões


Escrita em 1996 por Eve Ensler, "Os Monólogos da Vagina" é uma peça de sucesso mundial, com apresentações em mais de 119 países e traduzida em mais de 45 línguas.
Baseados em entrevistas realizadas pela autora a mais de 200 mulheres de todo o mundo e diversas realidades, a peça narra histórias do quotidiano feminino, revelando
intimidades, vulnerabilidades, temores e vitórias próprias deste universo. Com um título propositadamente irreverente,a peça pretende chamar a atenção para assuntos tão particulares como a violação, a menstruação, a mutilação, o prazer, as infidelidades conjugais ou as terapias de grupo.

Plateia: 17,50€
Balcão: 15,00€


Depois digam-me se não valeu a pena.

sexta-feira, outubro 30, 2009

Continuação à Festa das Latas, 2009

Mariana e Maria João:
Como podem ver foi trabalho a dobrar! (Eis como se faz uma caloira: vesti-las com jornal, pintá-las, uma pitada de spray no cabelo et c'est fait!)
Duas doutoras (Vanessa e Joana) e a caloira Júnior (começaram a chamá-la lá na ARCA de Joana Júnior). Como podem reparar as doutoras já usam o grelito na pasta!

Sim, muita, muita gente!! Apesar desta não ser a melhor foto, aqui fica um apanhado.
Não poderia faltar o baptismo no Rio Mondego! Felicidades caloirinha Mariana ;-)

video

E aqui a Mariana explica porque é que não come arroz de feijão, no jantar da latada.

terça-feira, outubro 27, 2009

Este casal é...



Imagem amavelmente roubada ao blog Assalto ao Castelo de Penela.

Barbora, amiga, o Antonino está... contiga!


LATADA OU FESTAS DAS LATAS....COIMBRA

LATADA de Coimbra
As Latadas começaram no século XIX quando os estudantes exprimiam ruidosamente a sua alegria pelo termo do ano lectivo em Maio. Utilizavam para isso todos os objectos que produzissem barulho, nomeadamente latas.Nos anos 20, as Latadas ocorriam no final do ano lectivo, para remate das festas da Queima das Fitas. Foi a partir dos anos 50/60 que as Latadas passaram a ocorrer não no termo do ano lectivo mas sim no início, coincidindo com a abertura da Universidade, e a chegada da população escolar de férias, o que dava à cidade um clima eminentemente académico.«Depois da imposição das insígnias, organizava-se um cortejo por cada Faculdade, em dias diferentes. Após o reatamento das Tradições Académicas de Coimbra em 1979, passou-se a realizar apenas uma cerimónia de imposição de insígnias e um cortejo englobando todas a Faculdades. Esta alteração, em relação ao que se fazia nos anos 50/60, ficou a dever-se não só ao aumento do nºde estudantes, como também ao aumento do nºde Faculdades, o que tornava dificil a realização de latadas por Faculdades.Actualmente, os caloiros, incorporados no cortejo, vestem se consoante a fantasia pessoal ou com a batina do avesso, transportando cartazes com legendas de conteúdo crítico, alusivos à vida circulum-escolar e/ou nacional sem excluir a internacional. Os caloiros deverão seguir em duas filas paralelas, com os padrinhos (doutores da praxe) no meio que devem ter um comportamento digno de um estudante de Coimbra, dando o exemplo aos Caloiros que estão a iniciar-se na Praxe Académica. O espírito criativo e irreverente, característico do estudante da Universidade de Coimbra, deverá ter na latada um dos seus pontos altos.

têxto de Vtor Ramalho, Net
Um aspecto da "multidão "....

Legenda para quê? TUDO BABADO!!!!
Um Rafaelitolindo muito alegre...pudera!

Uma mamã contente!

...uma avó...SUPER CONTENTE!!!!

SOFIA "A NETA FELIZ"!
E na "calha " para 2010 está a Cláudia...

PARTE II - DEPOIS FOI UMA "BELEZA"!.




DINA "A OPERADORA TÉCNICA"
OPERADORA DE IMAGEM: FERNANDA CARVALHO

segunda-feira, outubro 26, 2009

As coisas que se descobrem no Facebook...

PARTE I E lá partiram os CINCO..mais o "Frágil"...A Vida é dura!

Vão partir...nada pode ficar..acomodem-se...

não é verdade que o Carlos e a Guida tivessem uma ligação "Frágil"!
Quando nos dedicamos a uma boa causa...a alegria é o nosso lema...

...nota-se que algo tinha desaparecido ao Rafaelitolindo...

A Celeste em plena concentração revistando-me os bolsos...mas nada!
...rebate falso! Tá aqui! Não era...o volume era muito grande....

A chegada a Penela....
...a a caminho do café...para uns fininhos!
O perigo é a nossa profissão....


...como é me que viro....

....ajuda aqui que és mais fininho...
....com 70 pioneses talvez se aguente....

....enquanto a parte mais delicada estava a cargo do operariado feminino!

....são preciso mais 10 pioneses....

Um acidente!
A Trimargarida ao encaixar as coroas...com as mãos...teve um acidente num pé...via daí apareceu o 112!!!!


Agora sim!

A satisfação da equipa do cartaz era bem evidente!

O resultado está bem à vista!

balanço do que já está feito....

Parece que há dúvidas....e a Margarida já não está a ver bem...era sêde!

Aqui é que a "porca torce o rabo"!

Parecem as brigadas da câmara: um ainda faz qualquer coisa...os outros dão palpites!

Até que quando já eram 2 da matina....partimos para Coimbra...com a missão de de lanterna na mão...procurar o que se não tinha perdido....É da idade.....