quinta-feira, maio 17, 2012

A Mariana e o pai num passeio de bicicleta junto ao Mondego, ao final da tarde de hoje

- Pai, está um fim de tarde tão bom. Vamos dar um passeio de bicicleta?
- Ó filha, estou a aproveitar hoje ser feriado em Anadia para fazer o cadastro da colecção...
- Vá lá, Pai...
- OK, vamos.
E fomos. E fizemos muito bem. Apesar de ter sido transformado há décadas num canal artificial entre Coimbra e a Figueira da Foz, a natureza já se encarregou de criar recantos muito bonitos no Rio Mondego. E é assim que o vemos, do lado de cá (ou de lá, para quem é da margem direita).




E agora uma curtíssima-metragem a que chamei «Rio Mondego em corte transversal a jusante do Choupal» (aconselho a que ponham som... e se possível cheiro):




7 comentários:

  1. André Santos18/5/12 00:29

    Foram andar de bicicleta ou passar modelos?! ahah
    vejo aí uns bons sítios para uma tardada de pesca e de trabalho no bronze!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu vejo ali é um autocarro com telhado de zinco.

      Eliminar
  2. E eu gostei muito das bicicletas. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para irmos mesmo até ao rio, entre Coimbra e a Figueira o Mondego é um canal. Temos que deixar as bicicletas em cima do muro para descermos até à margem.

      Eliminar
  3. E também dos dotes de Manoel de Oliveira demonstrados ;)

    ResponderEliminar
  4. Vicentezão18/5/12 20:33

    O Paulinho já sabe andar sem as "rodinhas" na bicicleta? A bicicleta tinha selim?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Vicentezão, bai'ta cumbarçar c'o...

      Eliminar

Tuna Tecales!