terça-feira, julho 17, 2012

Convívio de 25 anos de casamento da Luísa e do Paulo - a reportagem da Mouradia

A preparação da coisa. Distribuição das cadeiras como nos bailes das aldeias...


... ou de uma forma mais... estilizada?


A maltinha foi pontual (até o Mário Rui só chegou uma hora atrasado) e depressa o espaço ficou compostinho...



Era giro, ver cada um com a sua malguinha...




Com o boicote da apresentação das imagens de 25 anos de casamento + 5 de aquecimento, teve que haver intervenção da autoridade...


... e os meliantes nem tiveram tempo para descolar os rabos das cadeiras...


... sendo que um deles ainda parou para arrotar postas de pescada (em malguinha)...


... mas depressa seguiu caminho:


Vista quase aérea do espaço:





O grupo de fados da «Be Fado Coimbra»: Paulo Larguesa (Guitarra Clássica), Luis Marques (Guitarra Portuguesa) e Sérgio da Fonseca (Voz)


Os olhos da Joana já começavam a dar de si...







Os olhos da Joana diziam tudo...


As camisolas pintadas à mão e oferecidas pelo Mário Rui...



O fado da despedida...




... para o grupo de fados, porque nós continuámos...


... com o Lourenço Moura a ensaiar no momento uma música e letra dele para aquilo a que o Mário Rui chamou o «martiriomónio»...





... e à qual o Rafaelito se encarregou de... acrescentar melhorias...


... tendo saído momentos como este:



As mini-sobremesas acabavam de ser despachadas...


... e entrámos para casa, que a noite começou a estar frescota, para um momento de Kazamentoke (o karaoke dos 25 anos de casamento):



A Ana Quatro Papossecos até andou de carrinho de rolamentos!



No final da festa, a Joana e a Mariana (ou serão a Mariana e a Joana?!) despediram-se das pessoas vestidas de Mãe e Pai (ou seriam Pai e Mãe?!)


Foi bonita a festa, pás!
E só foi muita pena nossa não podermos ter convidado todos os nossos amigos...

17 comentários:

  1. Tá cá tudo! E como deve ser!
    Foi mesmo bonita a festa PÁ!
    E foi um prazer ter estado com todos estes amigos nesta vossa comemoração dos 25 anos matrimoniados!
    Devo esclarecer que o teu anel de prata não é uma porca!
    Fui perguntar a um especialistas nestas anilhas e me esclareceu que se chama pomposamente um "anel seixtavado"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... sextavado, como as porcas!

      Eliminar
    2. Só deve se usado às sextas!

      Eliminar
    3. Às sextas por vadios (sextavadios).

      Eliminar
  2. Foi verdadeiramente bonita a festa, pá!!!
    Com gente bonita, pá!
    Com música bonita, pá!
    e com muitos momentos bonitos, pás!
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E com duas moças de vermelho e branco que deram um brilho especial à festa (e comentários muito elogiosos dos meus conterrâneos).

      Eliminar
  3. E os meus olhos dizem tudo! Foi uma festa e pêras!!
    E a companhia foi formidável!

    ResponderEliminar
  4. Eu não diria melhor, pás!

    ResponderEliminar
  5. Tenho de castigar o carteiro!!!
    O convite chegou hoje pá!!!
    Vivó fado carago.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai, se eu tivesse um quintal maior e um salário que não fosse português, Dentes...

      Eliminar
  6. Que maravilha!!!!!
    Mais uma vez muitos parabéns!!!!
    Fez-me muito bem passear os olhos e a mente por esta magnífica reportagem e em particular o pormenor dos visitantes e amigos com as suas malguinhas.
    Só faltava o Nelo a passear a sua nalguinha também ao lado dos homes bons aí prezentes na Mõradia, e queim çabe ir pa tráz di uma môita e açim
    Forte abraço a todos, o melhor da vida são os amigos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Havias de ver a malta com as colherzinhas do xarope para a tosse... ihihihihihih

      Eliminar
  7. Que lindos!
    Parabéns pelo martirionómio!
    :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei que custa a escrever (e mais ainda a dizer) mas é martiriomónio :O)

      Eliminar
  8. Eu ultimamente ando sempre atrasada mas carais se não chego a tempo: PARABÉNS, miúdos. Muitos parabéns.

    ResponderEliminar

Tuna Tecales!