domingo, outubro 28, 2007

Mensagem de esperança para muita gente: a São Veiga prefere palhinhas curtas!


Finalmente chegou o dia em que íamos conhecer pessoalmente a nossa prima São Veiga (por parte da São). A malta queixa-se do aquecimento global mas hoje até deu jeito, que estava um solzinho bem agradável no Parque Verde do Mondego. O Rafaelitolindo até levou dois aparelhos, um em cada orelha, para não perder nada do momento.



O Carlos Car(v)alho levou consigo uma velhinha simpática, que tinha uns dentes postiços perfeitos. Hoje, a velhinha aprendeu uns truques novos para usar a mão.



A São Rosas ofereceu à rica prima uma t-shirt "amo-te São". O Car(v)alho, que nestas coisas (e noutras) não gosta de ficar atrás, ofereceu-lhe uma "rosa vermelha completa com os seus espinhos", um palhaço músico ("tem tudo a ver com a Tuna Meliches", disse ele) e um CD da Jacinta a cantar José Afonso. O João Paulo aqui está a desembrulhar o palhaço músico. A São Veiga ainda teve uma leve esperança que fossem pilhas para as prendas que recebeu da Erosfarma, mas...



A conversa saltitou entre diversos temas, desde "a São Veiga pastora que levava jornais para ler enquanto guardava o rebanho de 500 ovelhas na Idanha" até aos "45 cêntimos que rendeu o ensaio da Tuna Meliches no largo da rainha D. Leonor, no Festival do Amor em Beja"...



... passando pelas "noites à espanhola e manhãs à portuguesa da São Veiga em Salamanca" e pela malta lerda que não tem pedalada para o que ela escreve na internet.



O João Paulo diz que tem maus fígados, mas só se for por ter uma alma maior que o corpo, o que obviamente lhe aperta a vesícula.



Não admira que ele esteja "em primeiro lugar" na lista de afectos da São Veiga. Em segundo lugar? "O computador, que me liga ao mundo. Em terceiro a São Rosas e a Tuna Meliches, que me fazem rir tanto. E em quarto lugar, os Gato Fedorento". O Carlos Car(v)alho acha natural esta sequência: "afinal, os Gato Fedorento são só ao domingo e nós somos todos os dias".



Com a mudança de hora (blhac!), a conversa acabou perto das duas da tarde (três pela «hora antiga»). Mas nem nos lembramos da fome, quando estamos em boa companhia.


Foi muito bom conhecer-te e ao João Paulo pessoalmente, São rica prima da São (por parte da São)!
___________________________
Ao abrigo do direito de resposta, eis a dita da rica prima São:

"Eu ainda estou em 'estado de graça', que é como se fica quando se é apanhada por estes 'cães-guia' dos meus humores, amores, humidades y humanidades!
E até esqueci a vida, a hora, a bica (de café e de água do garrafão!)
E, sim, prefiro palhinhas curtas, em mentes brilhantes, e que me encham (y inchem) as minhas medidas!
E incheram-me! Incheram-me de... orgulho de serem reais, como os tinha imaginado: genuínos, salgadinhos y picantes!




Obrigada
Por tanto Amor
Por tanta Emoção

RicaPrimadaSão"

11 comentários:

  1. E os baixos?
    Não falas dos baixos?!
    Não te lembras ou não te convém,PM?
    As vozes de baixo, com a qualidade sexual, não te lembras quem a possuia, salvo seja?

    ResponderEliminar
  2. Tu já te antecipaste, Car(v)alho. Foi um golpe baixo!

    ResponderEliminar
  3. Pois foi!
    Fui apanhado de surpresa pelo vosso convite para o encontro no Parque Verde.
    E fui apanhado de surpresa, porque realmente não acompanhava(vá lá sber-se porquê)o vosso relacionamento emailado com a São Veiga!
    Mas ainda bem que fui, pois gostei de conhecer a São Veiga, de admirar pessoas fantásticas como o João Paulo e vocês Paulo e Carlos, sempre a surpreenderem-e pela positiva!
    Eu que já sou surdo fiquei pràticamente mudo,perante a vossa atitude!
    Não consigo imaginar a satisfação que este encontro deve ter propocionado à São Veiga!
    Muito obrigado por me terem propocionado estes poucos minutos que tive com os quatro!
    Um grande abraço para os três e um grande beijo para a São Veiga.

    ResponderEliminar
  4. Estás desculpado, Rafaelitiroliroliro, mas para a próxima ligas o Sonotone quando leres os nossos e-mails.

    ResponderEliminar
  5. RicaPrimadaSão29/10/07 16:08

    Eu ainda estou em "estado de graça", que é como se fica quando se é apanhada por estes "cães-guia" dos meus humores, amores, humidades y humanidades!

    E até esqueci a vida, a hora, a bica (de café e de água do garrafão!)

    E, sim, prefiro palhinhas curtas, em mentes brilhantes, e que me encham (y inchem) as minhas medidas!

    E incheram-me! Incheram-me de...orgulho de serem reais, como os tinha imaginado: genuínos, salgadinhos y picantes!

    Obrigada
    Por tanto Amor
    Por tanta Emoção

    http://youtube.com/watch?v=2MGZXcJakXM

    S

    ResponderEliminar
  6. Repete comigo 100 vezes:
    "Eu não phalo baixo"

    ResponderEliminar
  7. Ca gandas malukos...
    Ainda bem que não vos conheço de lado algum! 8)

    A São Veiga nunca mais será a mesma... que grandes amigos vocês lhe saíram... pilhas que é bom, nada! Sádicos! Fogueira com eles! :P

    ResponderEliminar
  8. Por acaso. Só quando me vim :O) de lá é que pensei que seria a prenda ideal.

    ResponderEliminar
  9. Eu cá, nem de e das meias brancas phalo.
    Está dito: não phalo nem baixo!

    ..Já só faltam 98x..

    Bom, a não ser que alguém queira "Bolos"...

    ResponderEliminar
  10. Isso, agora c_ama-l_e por socorro...

    ResponderEliminar

Tuna Tecales!