quinta-feira, novembro 15, 2007

A saga da Tuna Meliches no 8º Encontra-a-Funda - capítulo 4

Domingo de manhã, depois de um pequeno-almoço em que o Mário Rui... digo, padre Fontes e o Rafaelito esgotaram o stock de comida do hotel Alambique de Ouro, despedimo-nos do Isso Agora... e da Agora Isso... e lá fomos visitar Linhares da Beira.


Quando chegámos ao castelo de Linhares da Beira, inicialmente só os Car(v)alhos assaltaram a torre de ménage...



... porque subir ao topo da torre era uma tarefa difícil e exigia dotes contorcionistas...



... mas quando repararam no que os esperava, firme e hirto a apontar para o céu, todos quiseram ir até lá.















Todos desceram bem mais consolados...



... mas tiveram que fazer um duelo de fotografias para ver quem ganhava o troféu altaneiro da torre de ménage.

Será que a saga acabou aqui? Duvido...

8 comentários:

  1. Ainda bem que fui...para comprovar que os "salamanquenhos", estupeidificamente tinha de ter um "bombo" por trás (salvo seja), conforme a foto retrata - e bem cu_lorido!

    ResponderEliminar
  2. E aquilo é da "Banda de Gaitas o Barqueiro"

    ResponderEliminar
  3. Isto dos rabos é para adivnhar a quem pertencem?
    Cu al é o prémio? 8)

    ResponderEliminar
  4. Quem acertar tudo tem direito a ser fotografado(a) em pose idêntica, no 9º Encontra-a-Funda.

    ResponderEliminar
  5. Consigo acertar em todos, menos o que tem a amplificação sonora para a saída dos "salamancas"
    É que não me lembra de ver por lá tal amplificação sonora!

    ResponderEliminar
  6. É porque és surdo. Se não fosses, associavas bem!

    ResponderEliminar
  7. ainda são os efeitos da leitura do poema do cume :)

    ResponderEliminar
  8. São Rosas16/11/07 16:56

    ahahahahahahahahahahahahahah...

    ResponderEliminar

Tuna Tecales!