quinta-feira, junho 22, 2006

Sugestões para os próximos dias

  • 23 de Junho (sexta-feira) às 22h00 - Diabo a Sete ao vivo no Fórum FNAC (entrada gratuita). Os Diabo a Sete surgiram no início de 2003 em Coimbra e formaram-se a partir da vontade de tocar e reinventar a música portuguesa de raíz tradicional. Acreditando que os ritmos e melodias que tocam e ouvem não são meros ecos de um passado mumificado, este grupo traduz uma forma de interpretar a riqueza musical do nosso país, feita de permanências, esquecimentos e cruzamentos fecundos com outras culturas;
  • 24 de Junho (sábado) - actuação da Tuna Meliches no grandioso Sãorau do 5º Encontra-a-Funda, no Porto. Quem não pode lá ir perderá o Carlos Carvalho como preto Ribeiro, o Rafaelito Lindo como donzela e a Lurdes como deus Príapo;
  • 25 de Junho (domingo) às 17h00 - Gota ao vivo no Fórum FNAC (entrada gratuita). Os GOTA são uma banda rock que apresenta o seu álbum homónimo. Este projecto, iniciado em Outubro de 2004, chega agora ao grande público apresentando temas em português. Não escondendo diversas influências musicais - do blues ao metal, do clássico ao étnico - Pedro Pires (voz) e João Barbosa (guitarras), mentores dos GOTA, contam com Vicky (bateria e percussões) e Pedro Joyce (baixo). Este primeiro trabalho tem ainda a participação especial de Manuel Rocha (Violino) da Brigada Victor Jara;
  • 27 de Junho (terça-feira) às 18h00 - Kontágio - «Saber Falar» ao vivo no Fórum FNAC (entrada gratuita). Os Kontágio nasceram em 2004 e ocupam sem dúvida um lugar deixado vazio na cena rock tradicional portuguesa, com bandas como Além-Mar ou Ritual Tejo. São feitos de Portugal e Alemanha, dois países culturalmente distintos. O resultado é o rock romântico português a penetrar, de uma forma bastante positiva, no frio alemão. Todos eles começaram desde muito cedo a trabalhar com a música, tanto na cena rock, no hip-hop, na soul, no gospel ou na música de dança. Mas quando se conhecem, é a língua portuguesa a eleita como veículo de expressão, e o Rock como o motor que a faz funcionar e alcançar o público;
  • 27 de Junho às 22h00 - «O Corpo Não Espera (Por Nós ou Pelo Amor)» - Cooperativa Bonifrates - espectáculo de poesia erótica no feminino. Oito mulheres, através da poesia e do movimento, falam do corpo: «do corpo na sua relação consigo, com o outro, com o amor». Criação colectiva de Alexandra Mascarenhas, Carla Miguel, Cristina Janicas, Filipa Amorim, Maria Manuel Almeida, Paula Santos, Sílvia Barbeiro e Tânia Almeida, a partir de textos de autores de língua portuguesa. Selecção de textos: Paula Santos. Movimento: Catarina Trota. Local: Foyer do Teatro Académico de Gil Vicente. Reservas: telefone 239716095.
  • 10 de Julho às 21h30 - Ney Matogrosso ao vivo. Local - Pátio das Escolas. Bilhetes à venda na FNAC, lojas Abreu, Diário de Coimbra e Ticketline. A notícia aqui.

6 comentários:

  1. Bom cartaz de espectáculos...assi haja disponibilidade, pelo menos para alguns!

    ResponderEliminar
  2. best regards, nice info
    » » »

    ResponderEliminar
  3. Anónimo3/3/07 12:08

    Where did you find it? Interesting read »

    ResponderEliminar
  4. Caro Blog Tuna Melides

    No post sobre o espectáculo "O corpo não espera" aparece o nome 'Catarina Torta' no Movimento. O nome é Catarina Trota e não Catarina Torta. Agradeço a correcção. Obrigado.

    ResponderEliminar
  5. Está corrigido. E nós somos Tuna Meliches e não Tuna Melides, Catarina Tarte ;O)

    ResponderEliminar

Tuna Tecales!